Policial Civil é agredido, saca duas pistolas e senta o AÇO

0
890

Policial Civil é agredido, saca duas pistolas e senta o AÇO. A confusão, que envolveu cinco pessoas, entre elas dois policiais civis.No vídeo acima é possível ver a briga e ouvir os tiros que foram disparados. O autor do vídeo não quis ser identificado.

Um integrante da corporação, de 25 anos, e outros três rapazes, de 18 e 19, acabaram detidos para prestar esclarecimentos. O outro policial, de 24, ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Segundo consta no boletim de ocorrência, a briga teria começado por causa de um desentendimento na fila do caixa, ainda dentro da boate. Um dos policiais relatou que, ao sair do estabelecimento, encontrou o outro integrante da polícia sendo espancado por três pessoas.

Leia também:
Você pode ter 50 mil no bolso e não sabia! Veja as moedas mais raras e caras
Estudante ataca brutalmente diretora após reclamação sobre falta do uniforme
Mulher filma a própria morte após discutir com vizinho

Policial teria sido agredido

De acordo com o registro da Polícia Militar (PM), mesmo depois de identificar como policial, o homem também foi agredido. Ainda conforme o boletim de ocorrência, neste momento, ele fez alguns disparos. Depois disso, os outros três rapazes entraram em carro e fugiram.

Uma testemunha, que passava pelo local, disse que dois homens estavam discutindo no meio da rua e começaram a atirar. “Os dois atiraram um contra o outro. Eles diziam que eram policiais. Foi muita confusão. É um absurdo”, disse o homem que não quis se identificar.

Depois de deixarem o local, os três rapazes foram localizados em casa e levados, junto a um dos policiais, para a Central de Flagrantes (Ceflan). Todos prestaram depoimento e foram liberados em seguida. O delegado de plantão também expediu uma guia para que eles fossem submetidos a exame de corpo de delito.

O G1 entrou em contato com a boate Garota Carioca, e um representante disse que não houve briga dentro do estabelecimento. Também foi informado que o tumulto ocorreu quando o local já estava fechando e que os funcionários estavam dentro da boate na hora da confusão.

O caso foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Nova Lima, e a investigação ficará sob a responsabilidade da delegada Lorena Vaz de Melo. Segundo a Polícia Civil, o episódio também vai ser apurado pela corregedoria da corporação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here